Muvuca Hack Festival

Cultura Hacker, Tecnologia e Conhecimento Livre

06 a 27 de Novembro de 2021

Sobre o Evento

conhecimento livre - cultura hacker
software livre - dados abertos

O Muvuca Hack Festival é um evento de celebração e discussão sobre tecnologia, sociedade e cultura hacker em formato 100% digital!

Prepare-se para aprender sobre programação, discutir privacidade e vigilância, descobrir algumas das tendências que estão mudando o presente, e que vão moldar o futuro - tudo isso em um ambiente inclusivo e diverso.

Programação

Estamos montando uma grade com convidados de peso!

Confira abaixo quem já está confirmado, ou clique aqui e inscreva-se para participar.

Cerimônia de recepção e avisos pertinentes. Também reservaremos esses tempo para conversarmos com os participantes, tirar dúvidas e repassar a agenda do dia.

Professora Drª Karina Menezes

Nessa apresentação, Barbara vai nos mostrar como fazer artes gráficas e cortar na Silhouette Cameo pelo Inkscape, um software livre poderoso onde podemos criar e enviar direto para a máquina, finalizando trabalhos mais rapidamente. Também apresentará dicas e trocará experiências em como trabalhar com equipamentos conectados a tecnologias livres e de código aberto.

Barbara Tostes

Possui graduação em Jornalismo e é pós-graduada em Educação a Distância (EaD) pelo Senac-PR. Tem experiência na área de artes gráficas e visuais, fotografia, vídeo, desenvolvimento web, atuando principalmente nos seguintes temas: tratamento digital, imagens, edição de vídeo, software livre, jornalismo e artes gráficas. Participou como jornalista voluntária na equipe de coordenação da Área de Software Livre no evento tecnológico Campus Party Brasil (2012-2014). Tem interesse em edição de vídeo, comunicação integrada, implementação de assessoria de imprensa e projetos para impressão 3D. É empreendedora numa gráfica digital no interior do Paraná, criativa, alegre e envolvida com o trabalho.

Cerimônia de recepção e avisos pertinentes. Também reservaremos esses tempo para conversarmos com os participantes, tirar dúvidas e repassar a agenda do dia.

Nessa apresentação será abordado como os softwares livres e abertos contribuem nos processos de Fabricação Digital.

Martha Santos

Educadora Maker no Fab Lab Recife.Tem sua trajetória marcada pelo desenvolvimento de experiências de aprendizagem envolvendo programação, modelagem e fabricação digital para crianças e adultos, usando ferramentas livres e abertas. Participa como palestrante e oficineira em diferentes eventos como o Fórum Internacional de Software Livre (FISL), Campus Party, Arduino Day, Mostratec, entre outros.

Eco Indústria Modular trás novos paradigmas ao introduzir a dinâmica de ecossistemas ao fazer industrial, tendo como base a modularidade, obras culturais livres, produção heterogênea distribuída, e a Economia Ecológica. É uma proposta aberta para um movimento que quebra paradigmas e tangibilizará a viabilização de realidades abundantes com alta produtividade local, orientada a um processo de industrialização regenerativa.

Cristthian Marafigo Arpino

Cerimônia de recepção e avisos pertinentes. Também reservaremos esses tempo para conversarmos com os participantes, tirar dúvidas e repassar a agenda do dia.

Prof. Eloir J. Rockenbach

Anonimato é um direito, mas, principalmente nos dias atuais, esse direito vem sendo violado através de serviços "gratuitos" e "facilidades". Contudo, nada é de graça e geralmente quando o serviço é "gratuito" o pagamento é seus dados (você). Nessa palestra vamos revelar alguns fatos históricos sobre anonimato até os dias atuais e mostrar como sobreviver no anonimato nesse tempo sombrio que vivemos atualmente.

Daniel

Mestre em Informática, Especialista em Engenharia de Software, Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Técnico em Informática, Desenvolvedor, Guitarrista, Motociclista, Geek.

Cerimônia de recepção e avisos pertinentes. Também reservaremos esses tempo para conversarmos com os participantes, tirar dúvidas e repassar a agenda do dia.

O Querido Diário é um projeto que está buscando transformar a experiência de quem precisa dos dados dos diários oficiais municipais. Nesta palestra, iremos ver como está funcionando o projeto no geral e também olharemos com mais detalhes cada um dos principais repositórios: raspadores, API, frontend e toolbox. E com isso, quem tiver interesse em contribuir com raspadores, documentação, infraestrutura, técnicas de inteligência artificial, etc. poderá ficar mais à vontade em fazer sua primeira contribuição!

Giulio Carvalho

Info Palestrante.

O objetivo da apresentação é difundir ao público o conhecimento sobre o que são os dados abertos, qual a sua importância e exemplos de uso, também citar algumas aplicações cívicas que são desenvolvidas a partir desses dados. Ao final, falar da plataforma Dados Livres, um projeto para catalogar fontes de dados abertos e aplicações cívicas por meio de colaboração coletiva.

Carolina Soares e Pedro Baesse

Site: Dados Livres

Nessa palestra teremos uma breve introdução à linguagem de programação Python para usos posteriores na pesquisa e no ensino de filosofia, como vem sendo utilizada recentemente em áreas como filosofia computacional, filosofia experimental e/ou projetos interdisciplinares com outras áreas do conhecimento.

Prof. Fernando Masanori

Prof. Fernando é docente da FATEC São José dos Campos, adora dar aulas, graduado em Ciências da Computação pelo IME-USP, mestrado em Engenharia de Computação pelo ITA. Já desenvolveu projetos para Credicard Mastercard e ITAÚ, foi supervisor na PriceWaterhouse&Coopers. Nos dois últimos anos, antes da pandemia, deu mais de cem palestras e minicursos, na comunidade Python, viajando pelo Brasil e outros quinze países. Um dos membros do Grants Work Group, da Python Software Foundation. Ganhador do Prêmio Dorneles Treméa, por manter vivo o espírito de colaboração, empreendedorismo e entrega à comunidade. Fellow Member da Python Software Foundation, pelas contribuições ao crescimento da comunidade Python no Brasil. Tem feito um esforço especial para divulgação de Python para o Jornalismo de Dados. Ministrou cursos para jornalistas na Editora Abril, Folha de SP e LabJor Unicamp. E para o público geral em Maceió (OxE Hacker Clube), Salvador (Raul Hacker Clube), Uberlândia (UFU Economia), São Paulo (Coletividad), Manaus (Coletivo Difusão), USP São Carlos, Federal de São Carlos, UDESC Joinville. Antes da pandemia, totalizou 26 workshops dedicados à jornalistas no segundo semestre do último ano. Ministrou um curso especial de 3 meses, patrocinado pelo Google News, para jornalistas de Folha de São Paulo, com produção de mais de 20 matérias.

Organização

O Matehackers é um espaço aberto e livre para todos, onde pessoas com interesses semelhantes podem se reunir e trabalhar em projetos de qualquer tipo relacionados à tecnologia, trocando informações, experiências e vivências.

Venha conhecer o Matehackers!

Inscreva-se